quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Avancemos, de joelhos!




Estou lendo a biografia de Jonathan Goforth, narrada com beleza por Wesley Duewel em seu excelente livro "Heróis da Vida Cristã". Leio em cafés, metrô, padaria e salas de espera, e tenho dificuldades em conter as lágrimas. Quanto empenho para cumprir sua missão! Ele perdeu vários filhos, ainda bebês, na China. Foi apedrejado, levou golpes de espada, perdeu mais de uma vez todos os seus escassos bens, em enchentes e incêndios. Quando era espancado por uma multidão, ouviu a voz de um anjo: "Não temas! estão orando por você".


Ele planejava entrar em uma região, muito populosa, agressiva e difícil, onde as equipes de Hudson Taylor não conseguiram ingressar. Taylor lhe escreveu, encorajando-o, dizendo:


Irmão, se você pretende entrar naquela província, deverá seguir de joelhos.


Que sugestão sublime! ainda mais quando penso na enormidade da tarefa de interceder por avivamentos em campus universitários do Brasil: eram 2,7 milhões de estudantes em cursos de graduação presenciais no sistema de educação superior brasileiro, em 2000 (dados do mec).




DEVEMOS SEGUIR DE JOELHOS!




Tudo o que é nobre é difícil. Nada que tenha valor para o Reino de Deus surgirá sem lágrimas, suor e sangue! e que privilégio poder oferecer nossos "fluídos corporais" como oferta ao Senhor!


Reúna grupos de intercessão! Busque o peso do alto, deixe que os vapores oníricos do Espírito Santo embalem seus sonhos!


E avancemos, de joelhos!


terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Deus invadindo a universidade


Alunas desmanchando a maquiagem com lágrimas; ateus, antes seguros, são vistos agora em seus primeiros passos rumo a fé; braços tatuados levantando-se em adoração; vozes, antes guturais e blasfemas, cantando docemente a beleza do Criador do átomo, da biosfera e da diversidade. De mãos dadas em pureza, os corpos jovens são um templo imaculado, cujas silhuetas não lembram mais sensualidade ou eros mas ideogramas e ícones que codificam a mensagem do euaggelion como gif's animados. Piercing's, cabelos de cores impensáveis, revolução nas cabeças, olhos marejados pelo contato enternecedor do Pai de todos.
Os corredores, as salas de aula, as mesas da cantina e as repúblicas são tomadas pelo assunto: Deus invadiu o campus! mas não se trata de uma invasão arbitrária, não é a tropa de choque despejando os alunos. Ele invadiu o campus atendendo a convites! Não é, portanto, um penetra, mas um preletor convidado, com liberdade para assistir o que quiser. Suas palestras são doces e vibrantes, podemos ouvir por todo um período sem nos cansar. Ele atende as perguntas, e esclarece dúvidas que carregamos desde o primário.
Finalmente compreendemos os dilemas da História, a finalidade da Biologia e a complexidade elegante da Matemática. A neblina se evapora, e nossa inteligência é atraída com elegância e estilo a pensamentos de alta qualidade e doçura.
Isso é avivamento, gente boa; Deus em movimento nos diversos campus dessa Terra da Santa Cruz!
Já aconteceu em outros lugares; pode acontecer aqui também. Se deu vontade quando leu, e quer pedir a Deus, já é promessa!